Herta domina classificação e crava pole do GP de St. Pete. Newgarden larga em 3º

Must Read

Colton Herta sai na pole (Foto: IndyCar)

Colton Herta não deu chances a ninguém e cravou uma pole dominante com 1min00s321 para o GP de St. Pete. Neste sábado (24), o jovem da Andretti dominou o Q2 e o Fast Six, derrotando Jack Harvey e Josef Newgarden, que deu importante passo para reagir no campeonato, já que, assim como Herta, abandonou no Alabama. Foi a quinta pole da carreira do jovem americano.

Simon Pagenaud fez o quarto melhor tempo, também se recuperando consideravelmente após uma estreia apática. Sébastien Bourdais voltou a colocar a Foyt em destaque e parte de quinto, com Pato O’Ward, discretamente, em sexto.

Rinus VeeKay vai largar na sétima colocação, na frente de um Scott Dixon que teve uma classificação ali na sua média, em oitavo. Graham Rahal parte atrás, com Álex Palou, vencedor no Alabama, saindo de décimo. Alexander Rossi decepcionou e é 11º.

Fora ainda na primeira fase ficaram nomes como Romain Grosjean, que larga de 18º, e Will Power, que vai sair só da 20ª colocação. A largada do GP de St. Pete está prevista para 13h30 (em Brasília).

Colton Herta (Foto: IndyCar)

Confira como foi a definição do grid em St. Pete

A classificação do GP de São Petersburgo começou às 14h50 (em Brasília), 5 minutos depois do esperado, por conta de reparos na pista em decorrência de incidentes nas corridas do Road to Indy. O esquema era o já conhecido: dois grupos de 12, passavam os seis melhores de cada, Q2 com 12 e Fast Six pela pole.

O primeiro grupo tinha Pato O’Ward, Felix Rosenqvist, Scott Dixon, Sébastien Bourdais, Ed Jones, Conor Daly, Simon Pagenaud, Colton Herta, Alexander Rossi, Takuma Sato, Jimmie Johnson e Ryan Hunter-Reay.

Muito lentos nos treinos livres, Jones e Johnson resolveram já começar a sessão com os pneus macios, arriscando tudo de cara. Não deu muito certo e ambos rapidamente foram para fora da zona de classificação. Com os pneus duros, Rossi, O’Ward e Herta eram os mais velozes.

Jimmie Johnson caiu no Q1 com gosto (Foto: IndyCar)

Os pilotos colocaram os pneus macios e, como sempre, os tempos foram despencando ali pelas últimas tentativas de cada um, com a marca de 1min01s baixo sendo facilmente superada por boa parte do grupo.

O’Ward, Pagenaud, Herta, Rossi e Dixon bateram facilmente a barreira de 1min01s e a impressão que estava no ar foi confirmada: nem todo mundo que virou 1min00s conseguiu avançar à segunda fase da definição do grid de largada.

Rossi liderou com uma marca bem expressiva: 1min00s295, seguido bem de perto por Herta. O’Ward, Pagenaud, Bourdais e Dixon, bem ali no detalhe, no sufoco, também conseguiram suas vagas no G12. Hunter-Reay, Sato, Rosenqvist, Daly, Jones e Johnson ficaram na rabeira do grid.

Scott Dixon avançou daquele jeito (Foto: IndyCar)

Power e Grosjean caem no primeiro grupo

O segundo grupo da primeira fase foi para a pista pouquinho depois, com uma escalação de respeito: Josef Newgarden, Scott McLaughlin, Dalton Kellett, Marcus Ericsson, Álex Palou, Will Power, Graham Rahal, Rinus VeeKay, James Hinchcliffe, Romain Grosjean, Max Chilton e Jack Harvey.

Assim como no grupo 1, quase todo mundo optou pela estratégia tradicional, com pneus duros iniciando. No entanto, teve quem escapasse, neste caso, Kellett. O canadense, porém, também não conseguiu andar rápido e nem pisou na zona de classificação.

Com os pneus duros, McLaughlin foi o destaque, o único conseguindo andar abaixo de 1min01s. A Penske dominava, com Newgarden e Power logo atrás. No entanto, tudo mudaria com os macios, é claro.

Romain Grosjean não repetiu a ótima classificação do Alabama (Foto: IndyCar)

Enquanto Kellett e VeeKay se enroscavam, com o holandês reclamando de bloqueio do canadense, os tempos começavam a cair progressivamente, com novamente todo mundo dos classificados abaixo de 1min01s.

Newgarden deu show e comandou a parada com 1min00s4, seguido bem de perto por um extremamente surpreendente Rahal, que foi bem lento no TL2. Harvey, VeeKay, Hinch e Palou também se classificaram.

E os eliminados foram bem estranhos. É que o grupo teve McLaughlin, Ericsson, Grosjean e Power, que rodava sozinho, possivelmente quatro favoritos ao Q2. Chilton e Kellett, é claro, completaram o grupo.

Will Power teve tenebrosa classificação (Foto: IndyCar)

Herta bate Newgarden, enquanto Rossi cai no Q2

A segunda fase da classificação começou às 15h25, com três Andretti, duas Penske, duas Ganassi, a RLL de Rahal, a Meyer Shank de Harvey, a Foyt de Bourdais, a McLaren de O’Ward e a Carpenter de VeeKay.

Rossi, Herta e Newgarden já mostravam força mesmo com pneus duros, pintando realmente como os favoritos à pole. Josef virava 1min00s6, uma marca que no Q1 já seria ótima até com os pneus macios.

A surpresa conforme foi chegando o final foi ver Rossi ficar pelo caminho, afinal, era um dos favoritos à pole. Outros fortes candidatos que decepcionavam eram Palou e Dixon. Voando, Herta fez 1min00s221, acompanhado no Fast Six por Newgarden, Bourdais, que seguia em alta com a Foyt, O’Ward, Harvey e Pagenaud.

VeeKay caiu por míseros 0s04, assim como Dixon, Rahal, Palou, Rossi e Hinchcliffe, que teve um Q2 bem abaixo dos demais com sua Andretti.

Josef Newgarden sai de terceiro (Foto: IndyCar)

Herta sobra e crava quinta pole da carreira

No Fast Six, mais uma vez, a disputa ficou basicamente para uma volta de cada um, com os demais giros sendo realizados bem acima das marcas normais. E a briga pela pole quase que nem existiu.

É que Herta sobrou, virando 1min00s321, colocando mais de 0s2 de vantagem para cima de Harvey e Newgarden, que ainda acabou surpreendido pelo inglês da Meyer Shank. Pagenaud até conseguiu ficar perto dos dois, em quarto.

Bourdais e O’Ward estiveram quase que em outra rotação, muito mais lentos que os rivais, apenas fazendo figuração no Fast Six, mas tendo resultados que, no fim, não foram ruins.

Indy 2021, GP de St. Pete, Grid de largada:

1C HERTAAndretti Honda1:00.321 
2J HARVEYMeyer Shank Honda1:00.571+0.250
3J NEWGARDENPenske Chevrolet1:00.608+0.287
4S PAGENAUDPenske Chevrolet1:00.635+0.314
5S BOURDAISFoyt Chevrolet1:01.002+0.681
6P O’WARDMcLaren Chevrolet1:01.080+0.759
7R VEEKAYCarpenter Chevrolet1:00.486+0.165
8S DIXONGanassi Honda1:00.500+0.179
9G RAHALRLL Honda1:00.568+0.247
10A PALOUGanassi Honda1:00.622+0.301
11A ROSSIAndretti Honda1:00.648+0.327
12J HINCHCLIFFEAndretti Honda1:00.867+0.546
13R HUNTER-REAYAndretti Honda1:00.852+0.531
14S McLAUGHLINPenske Chevrolet1:00.704+0.383
15T SATORLL Honda1:00.917+0.596
16M ERICSSONGanassi Honda1:00.706+0.385
17F ROSENQVISTMcLaren Chevrolet1:00.957+0.636
18R GROSJEANDale Coyne Honda1:00.813+0.492
19C DALYCarpenter Chevrolet1:01.422+1.101
20W POWERPenske Chevrolet1:01.114+0.793
21E JONESDale Coyne Honda1:01.445+1.124
22M CHILTONCarlin Chevrolet1:01.507+1.186
23J JOHNSONGanassi Honda1:01.836+1.515
24D KELLETTFoyt Chevrolet1:02.340+2.019

GUIA INDY 2021
+ Dixon e Newgarden chegam favoritos em duelo que pode marcar geração
+ Pós-pandemia, Indy mantém regulamento e atrasa nova geração de carros
Pietro Fittipaldi retorna à Indy depois de três anos e consolidação é objetivo
+ Ganassi muda tudo, mas ainda precisa apostar fichas em Dixon na Indy

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O post Herta domina classificação e crava pole do GP de St. Pete. Newgarden larga em 3º apareceu primeiro em Grande Prêmio.

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Latest News

Marcelinho Carioca avalia dificuldade do Corinthians em casa na temporada

O post Marcelinho Carioca avalia dificuldade do Corinthians em casa na temporada apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Vasco tem sequência contra equipes de baixo da classificação

O objetivo do Vasco está sendo alcançar no G4 da Série B. Neste momento, a equipe está na sétima colocação com 22 pontos, dois...
- Advertisement -

More Articles Like This

- Advertisement -