Complexo do US Open receberá hospital de campanha para vítimas do coronavírus

Must Read

We Can Accurately Guess How Old You Are Based On The Sides You Choose From These Popular Takeout Chains

Fries? Mozzarella sticks?! There's so much to choose from!View Entire Post ›

Valheim – Como fazer Flecha de Agulha

Em Valheim, a Flecha de Agulha é bem simples de ser fabricada e causa um dano realmente alto. Essa...

Cidade de Nova York, sede do Grand Slam, é uma das localidades mais afetadas pela doença nos EUA

O Billie Jean King National Tennis Center, complexo que sedia o US Open, receberá hospital de campanha para o combate ao novo coronavírus em Nova York. O espaço, que fica localizado no bairro do Queens, receberá 350 leitos hospitalares. Novo epicentro da doença, os Estados Unidos somam mais de 164 mil casos da doença.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Hospital na sede do US Open

A construção da estrutura hospitalar temporária teve início nesta terça-feira (31). De acordo com informações divulgadas pela organização do US Open, os leitos ficarão espalhados por 12 quadras cobertas do espaço.

O Louis Armstrong Stadium, segundo maior palco do complexo, também será utilizado. No local, serão distribuídas mais de 25 mil refeições por dia para pacientes, trabalhadores e crianças.

O diretor de operações do Billie Jean King, Danny Zausner, falou sobre a iniciativa.

“É uma parte incrivelmente pequena, mas é o mínimo que podemos fazer”, disse.

O dirigente também explicou que a construção do hospital de campanha ajudará a aliviar a demanda local.

“O Hospital Elmhurst, em Queens, está a poucos passos de distância do centro de tênis. Estar na comunidade local, onde nossas mãos estão atadas, mas apoiar a comunidade local e ajudar a aliviar a pressão do Hospital Elmhurst, é algo muito importante para ajudarmos da maneira que pudermos”, concluiu.

Visando a manutenção do funcionamento do sistema de saúde, a principal cidade americana tenta aumentar sua capacidade hospitalar para 87 mil leitos.

Coronavírus nos EUA

Região mais afetada pelo novo coronavírus nos Estados Unidos, Nova York luta contra o tempo para minimizar os impactos. De acordo com balanço divulgado nesta terça-feira, pelo governador Andrew Cuomo, ao menos 75.795 pessoas foram infectadas pela Covid-19 no estado, e 1.550 morreram.

Nos Estados Unidos, mais de 164 mil casos da doença já foram contabilizados, com 3,1 mil óbitos.

Leia mais: Zverev revela planos de jogar no Brasil em 2021: “Espero disputar o Rio Open”

Australian Open admite que pandemia de coronavírus pode afetar edição de 2021

Nadal mostra preocupação com pandemia do coronavírus: “Desastres todos os dias”

Complexo do US Open receberá hospital de campanha para vítimas do coronavírusTorcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes.

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Latest News

We Can Accurately Guess How Old You Are Based On The Sides You Choose From These Popular Takeout Chains

Fries? Mozzarella sticks?! There's so much to choose from!View Entire Post ›

Valheim – Como fazer Flecha de Agulha

Em Valheim, a Flecha de Agulha é bem simples de ser fabricada e causa um dano realmente alto. Essa flecha causa 62 de dano...

31 Kitchen Tools And Gadgets That People Actually Swear By

A tofu press, olive oil infuser, tortilla maker, and 28 other kitchen products that reviewers really love.View Entire Post ›

Apesar da pandemia, Vasco mantém otimismo na busca por recursos para reformar São Januário

A carta de intenções assinada por Vasco e WTorre referente à reforma de São Januário expirou no último dia 22, segundo Jorge Salgado....
- Advertisement -

More Articles Like This

- Advertisement -